16
nov
09

Pegue aí, Celso Amorim, que o Bigodão é seu!

Ah, que peninha! O Bigodão não quer mais brincar. Manuel Zelaya, Manuel Zelaya… Lembram-se dele? Pois é. O Maluco de Tegucigalpa leu uma carta aberta a Obama em que diz não aceitar mais a recondução ao poder. Pare de rir, leitor! Que coisa! Ele não quer mais brincar! E diz que também não reconhece as eleições vindouras — que, não obstante, acontecerão.

Zelaya também lastima o que considera mudança de posição dos EUA, que já começam a admitir a possibilidade de reconhecer o governo que sair das urnas, ainda que o Malucão não seja reinstalado simbolicamente no poder.

O chato pra Zelaya é que tudo segue conforme ele exigiu. A pendenga final da negociação era quem decidiria o seu retorno: a Corte Suprema, como queria Roberto Micheletti, ou o Congresso, como ele queria. Ficou decidido que seria o Congresso. Só que o acordo não previa data para a decisão e, como estava redigido lá, não tornava obrigatória a sua volta.

Estabelecia prazo, sim, para a formação do governo de unidade nacional — para o qual Zelaya não quis indicar representante. E, pois, quem, formalmente, desrespeitou o acordo foi ele. Pelo visto, o homem vai ficar lá como “hóspede” na embaixada do Brasil para sempre. Agora, sim, a coisa está mais perto de sua real natureza: uma pantomima.

Pegue aí, Celso Amorim, que o Bigodão é seu!

Anúncios

0 Responses to “Pegue aí, Celso Amorim, que o Bigodão é seu!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


novembro 2009
D S T Q Q S S
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

%d blogueiros gostam disto: