Posts Tagged ‘crise no bb

27
nov
09

Queda de braço entre petistas gera crise no BB

deu em o globo

De Patrícia Duarte:

Uma disputa política do PT dentro do Banco do Brasil (BB) tomou uma dimensão sem precedentes e com desdobramentos na Justiça comum. O imbróglio ocorre na Diretoria Jurídica da maior instituição financeira do país, uma das áreas mais sensíveis da estatal. Por trás estão o presidente da legenda, deputado federal Ricardo Berzoini (SP), e o chefe de Gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho. A crise instaurada pode, inclusive, causar prejuízos financeiros ao banco, caso sofra condenação na Justiça.

Berzoini é o padrinho político de Joaquim Portes de Cerqueira César, diretor jurídico do BB desde 27 de agosto de 2007 e apontado como responsável por profundas mudanças na estrutura — a substituição de comissionados por aliados de Berzoini. A troca acabou gerando processos por assédio moral contra o banco.

O Sindicato dos Bancários do Distrito Federal entrou, no início de outubro, com uma ação civil pública em nome de 27 advogados do banco, espalhados pelo país, que teriam sido rebaixados ou perdido comissão por atos de Cerqueira César, sem justificativa prévia. Alguns deles estariam até mesmo doentes, com depressão.

Em seus lugares, o diretor teria posto apenas aliados seus e alguns doadores individuais da campanha de Berzoini em 2006, quando concorreu à Câmara dos Deputados. Joaquim assumiu a diretoria ainda na gestão do então presidente do BB Antonio de Lima Neto, num movimento que já teria sido político. No início deste ano, o presidente Lula demitiu Lima Neto e, em seu lugar, colocou Aldemir Bendine, ligado a Gilberto Carvalho e que, desde então, vem tentando trocar o comando da diretoria Jurídica.

Anúncios
27
nov
09

Ex-secretário do MEC é condenado pelo TCU

deu em o globo

Tribunal exige devolução de R$ 381 mil e aplica multa por contratação irregular de empresa

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-secretário de Educação à Distância do Ministério da Educação (MEC) João Carlos Teatini de Souza Clímaco a devolver ao Tesouro Nacional R$ 381.150,46, em valores atualizados, além de pagar multa de R$ 10 mil. O TCU considerou irregular a contratação de uma empresa para editar a revista TV Escola, em 2003, quando Teatini estava à frente da secretaria, na gestão do então ministro e hoje senador Cristovam Buarque (PDT-DF).

Teatini deixou o cargo após a saída de Cristovam, mas retornou ao MEC e hoje é diretor de Educação Básica Presencial da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Ele nega qualquer irregularidade e diz que, na época, chegou a consultar Cristovam, que teria dado sinal verde.

O ex-secretário afirmou que apresentará recurso ao próprio TCU contra a decisão aprovada no último dia 19, com relatoria do ministro Benjamin Zymler.

Para o TCU, porém, a empresa Adag Serviços de Publicidade Ltda. havia sido contratada para prestar serviços de publicidade e não poderia ter editado a revista TV Escola, o que levou o ministério a gastar mais.




dezembro 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31