Posts Tagged ‘São Paulo

05
abr
10

PT quer ‘pulverizar’ campanha para tentar bater PSDB em São Paulo

Gustavo Porto – Agência Estado
Para tirar a vantagem folgada na corrida eleitoral do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), o PT decidiu “pulverizar” a campanha na eleição de 2010 no Estado de São Paulo. A estratégia é fazer com que o senador Aloizio Mercadante e a ex-ministra Marta Suplicy – principais lideranças estaduais do partido e respectivamente pré-candidatos ao governo e ao Senado – façam suas agendas diárias de campanha separadamente, se possível em regiões diferentes do Estado.

Além dos futuros candidatos, a campanha do PT irá contar ainda com a ajuda do também senador Eduardo Suplicy, que desistiu de disputar o governo paulista em favor de Mercadante. “Iremos organizar as agendas e cobrir duas, três regiões do Estado ao mesmo tempo, porque ninguém precisa explicar quem é Marta, Mercadante e Suplicy, ao contrário deles (tucanos)”, disse o presidente estadual do PT, Edinho Silva. “Enquanto eles têm só o Alckmin em condições de criar agenda, nós temos três lideranças”, provocou. Além da decisão, tomada na reunião da Executiva do PT de São Paulo nesta segunda-feira, 5, com a presença de Marta, o PT discutirá outros detalhes da estratégia da campanha de Mercadante ao governo e, principalmente, das coligações, em uma reunião na noite desta segunda na casa do senador petista. Participarão do encontro, além do comando do PT paulista, deputados federais e estaduais, bem como alguns prefeitos do partido.

Ainda esta semana, em um encontro previsto para quinta-feira (8), o PDT pretende fechar o nome do pré-candidato a vice-governador de Mercadante, depois que o prefeito de Indaiatuba (SP), Reinaldo Nogueira, desistiu da disputa e não renunciou ao cargo. Mesmo com o PDT apressado para ocupar o espaço político, o presidente do PT paulista prega cautela. “Vamos definir o nome do vice com calma”, concluiu Edinho.

Anúncios
24
set
09

Dagoberto admite que ataque do Tricolor precisa melhorar: ‘A média está baixa’

São Paulo marcou apenas 34 gols em 25 rodadas do Brasileirão e tem o pior desempenho no período desde a edição de 2004

Dagol sabe que o ataque tricolor está devendo Segundo colocado no Campeonato Brasileiro e um dos fortes candidatos a mais um título. Depois de um início turbulento, o São Paulo reagiu e voltou a mostrar sua força na competição. Mas ainda há um setor da equipe que preocupa o técnico Ricardo Gomes: o ataque. Com apenas 34 gols marcados em 25 rodadas (média de 1,4), os próprios jogadores do sistema ofensivo admitem que precisam melhorar a pontaria.

– A média está baixa. É importante sempre estar melhorando. O time está jogando mais seguro também – justificou o atacante Dagoberto, que foi submetido a um trabalho de finalizações com o restante dos atacantes durante o treinamento de terça-feira, no CT da Barra Funda.

O rendimento do setor é tão deficitário que Washington, artilheiro da equipe no Brasileirão, com sete gols, virou reserva por não marcar desde 16 de agosto, na vitória por 2 a 1 sobre o Sport, em Recife. No segundo turno do torneio, o time balançou as redes apenas seis vezes em seis rodadas. Destes, apenas dois gols foram anotados por atacantes (um de Borges e outro de Dagoberto).

– No meu modo de ver, o time está jogando bem e os atacantes estão fazendo papéis fundamentais. Mas é claro que você é cobrado pelos gols. Independentemente de quem faça, o importante é ajudar o São Paulo – acrescentou Dagoberto.
A média, aliás, é a mais baixa desde 2004, quando o São Paulo anotou os mesmos 34 gols em 25 jogos. Curiosamente, o Corinthians, adversário no clássico de domingo, às 16h, no Morumbi, também marcou 34 até o momento. O ataque mais positivo é o do Grêmio, com 48.




outubro 2017
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031