Posts Tagged ‘mensalão do DEM

21
jan
10

Mensalão do DEM

TJ impede deputados de votar impeachment de Arruda

O juiz substituto da 7a Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal, Vinícius Santos Silva, decidiu hoje que os deputados envolvidos no chamado mensalão do DEM não vão poder votar nos processos de impeachment que correm na Câmara de Brasília contra o governador José Roberto Arruda (sem partido).

Além do impedimento de votar nos processos de impeachment, também não vão poder votar em comissões que discutem a matéria.

Por isso, não vão poder analisar a constitucionalidade dos pedidos de impeachment na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nem na Comissão Especial que dá parecer ao processo antes que o mesmo seja enviado ao plenário.

A decisão do juiz atinge o deputado Leonardo Prudente (sem partido), flagrado em vídeo recebendo dinheiro e o colocando nas meias.

Nesta semana, Prudente, que é o presidente da Câmara, também foi afastado de seu cargo pela Justiça do DF.

A decisão de Vinícius ainda impede que os deputados Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP), Benício Tavares (PMDB), Eurides Brito (PMDB), Júnior Brunelli (PSC), Rogério Ulysses (sem partido), Roney Nemer (PMDB), e os suplentes Berinaldo Pontes (PP) e Pedro do Ovo (PRP), participem das votações.

Para que as comissões não parem e os processos contra Arruda fiquem interrompidos, o juiz determinou que os suplentes das comissões assumam o lugar dos deputados investigados.

Vinícius proferiu sua decisão em resposta a uma ação do Ministério Público do DF, que questionava o fato de um deputado investigado poder votar em processos no qual é citado.

Os deputados ainda não foram notificados da decisão, da qual cabe recurso.
*publicado no blog do noblat

11
jan
10

Câmara de Brasília é fechada para a população

mensalão do dem

O presidente da Câmara de Brasília, deputado distrital Leonardo Prudente (sem partido), fechou a Casa para o público.

Alegando problemas de segurança, uma vez que pelo menos mil manifestantes estão do lado de fora da Câmara, Prudente acaba de enviar comunicado à imprensa dizendo que somente deputados, funcionários da Casa e jornalistas terão acesso às dependências do Legislativo.

Neste momento os deputados estão reunidos nas salas das comissões. Devem eleger o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e o relator para os pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda (sem partido).

Mais tarde os deputados devem discutir a criação de uma Comissão Especial também destinada a analisar os pedidos de impeachment.

Do lado de fora da Câmara manifestantes pró e contra Arruda são separados por um cordão de isolamento policial.

Cada grupo conta com seu carro de som. Os manifestantes gritam palavras de ordem e trocam provocações.

Estudantes e trabalhadores ligados à CUT alegam que os manifestantes pró-Arruda estão no local para garantir seus empregos no governo.

Os cidadãos pró-Arruda, que vão de membros de associações de bairros a comissionados do governo, dizem que quem recebe dinheiro são os manifestantes da CUT, subsidiados pelo fundo sindical.




agosto 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031